Anas Estrelas


Sinais...

Hoje acordei com aquele desejo triste de, mais uma vez, partir. Olhei pros meus amigos, e tive, aliviada, a certeza de que continuariam seguindo seus caminhos, independente de minha permanente ausencia (sufocante, talvez: pra mim...). Quanto aos que me amam um tanto mais, provavelmente estes continuariam me amando onde quer que eu me encontrasse (e principalmente se eu me encontrasse), ou encontrariam outra pessoa que aceitasse receber seu amor condicional...
Hoje os pássaros na rua confidenciavam novos planos, na certa tramando alguma grande mudança. As janelas conspiravam, sussurrando expectativas e olhando pra mim por onde quer que eu passasse.
Tudo era sim.
Tudo era sinal.
Tudo me olhava nos olhos e dizia cristalinamente: adeus.
Aos poucos, constatei: não era o desejo de partir que me entristecia. Era essa bosta dessa maturidade feminina, que me avisava que a escolha entre uma essência e outra está chegando cada vez mais perto.



Escrito por Carol Estrela às 23h06
[   ] [ envie esta mensagem ]


[ ver mensagens anteriores ]


 
Histórico
  15/02/2009 a 21/02/2009
  10/08/2008 a 16/08/2008
  23/09/2007 a 29/09/2007
  15/07/2007 a 21/07/2007
  01/07/2007 a 07/07/2007
  06/05/2007 a 12/05/2007
  24/12/2006 a 30/12/2006
  10/12/2006 a 16/12/2006
  19/11/2006 a 25/11/2006
  05/11/2006 a 11/11/2006
  15/10/2006 a 21/10/2006
  20/08/2006 a 26/08/2006
  30/07/2006 a 05/08/2006
  25/06/2006 a 01/07/2006
  05/03/2006 a 11/03/2006
  29/01/2006 a 04/02/2006
  11/12/2005 a 17/12/2005
  04/12/2005 a 10/12/2005


Categorias
  Todas as Categiorias
  diário
Outros sites
  Por uma vida menos ordinária
  Tarja Preta
Votação
  Dê uma nota para meu blog